E-commerce – Loja virtual

Loja virtual ou E-commece funciona?

Esta pergunta geralmente pode vir acompanhada com uma dose de “ignorância” , alienação ou ilusão. Porque esta sendo colocada nela, como se fosse uma “obrigação” de dar certo, ou como se ela tivesse que ser uma opção milagrosa de ganhar dinheiro fácil e com aspecto negativo para aqueles que não deram certo e na verdade não tem a minima ideia do que é administração.

Sim, porque no Brasil, a maioria acha que esta administrando algo, quando esta controlando o dinheiro e isto inclui enxugar custos. Muitos tem a ideia erronea, de que enxugar custos é administrar e vivem de uma forma quase “esquizofrênica” em função disto, quando na verdade não estão sendo bons administradores coisa nenhuma. E acabam se tornando proprietários de péssimos restaurantes, péssimas fabricas, docerias, fornecedores de serviços, se você esta se perguntando porque?, você pode ser um deles, ou vir a ser.

Porque, por exemplo, alguém que por se achar administrador, começa a comprar amendoin mofado de segunda qualidade para fabricar produtos de amendoins, seja torrado, para doces, pasta, etc…, ou o dono do restaurante começa a colocar azeite batizado para os clientes usarem, colocar duas colheres de feijão em uma marmita cheia de arroz para os clientes, revender perfumes de quinta categoria, etc…, isto não é um bom caminho, podendo depois acabar merecidamente em nada.

Uma pessoa que administra as coisas desta forma, nunca teria boas intenções de investir em outros implementos, ou simplesmente a palavra QUALIDADE estar a frente se suas decisões, imaginem implementos relacionados com anúncios e pesquisas para aumentar sua demanda ?, dificilmente, pessoas assim evitam investir ao máximo e são capazes de vender o “pior” para as pessoas, investindo o minimo, tentando ganhar o máximo.Desta forma é possível entender a grande quantidade de lixo, vendida nos atacadões da vida para o comércio, molho de tomate(que não é molho de tomate nem na China), “Catupiry” de amido, azeitonas com gosto de plastico, enfim a lista seria grande, isto tudo, cito como exemplo, então, não é surpresa nenhuma, certas ideias, não darem certo mas é possível ser verdadeiramente criativo mesmo em ambientes hostis .

Ganhar sem investir nada é a utopia do sonho cultural dos “comerciantes” do Brasil.

Pare para pensar, você tem ideia do que você esta comendo, quando compra uma lata de conservas?, um pedaço de queijo?, uma linguiça? ou o que estamos consumindo, quando colocamos gasolina no carro?, compra um aparelho de barbear, compra um tênis( para durar nada), roupas descartaveis….

Nestes ultimos tempos de comércio no Brasil é muito comum você observar em lugares “comerciais”, uma serie de estabelecimentos com placas de “ALUGA-SE”, comércios que fecharam, que não deram certo. E outros vão “tentando”, abrindo e fechando, como se certas coisas fossem apenas assim, “tem que tentar” e todo aquele ciclo acima, também vai se repetindo.

Da mesma forma, não é diferente de uma loja virtual, como qualquer outro comércio, ela precisa de planejamento, pesquisa, investimento em anúncios, divulgação, etc… . Criar um produto, se você não ira revender produtos, também envolve ainda mais investimento e pesquisa, um plano completo é mais conhecido como Business Plan(Plano de negócios), embora a maioria das pessoas do “comercio”, nunca fizeram um, ou sabem o que ele é e o que ele abrange.

Uma loja virtual, pode facilitar algumas coisas, como por exemplo, altos custos com ponto comercial, aluguel comercial, numero de funcionários e outros custos fixos do estabelecimento comercial, mas não é uma opção magica em que você pode investir “quase nada” e faturar o mesmo ou mais. Você pode ter demanda e decolar a sua loja, mas tera que fazer os procedimentos necessários para isto e isto significa investimento, tanto financeiro, como de tempo, para pesquisas e estudos, as quais também podem ser terceirizadas e isto significa investimento financeiro e claro buscando o melhor e lembrando que enxugar custos já de cara sem implementar de forma necessária podera comprometer a sua decolagem.

De cara o investimento em uma loja virtual é em tecnologia. E esta tecnologia abrange um vasto conhecimento em varias áreas, desde programação, fotografia, edição de imagens, videos, criação de textos, websites, plataformas de lojas, comercio virtual, fretes, etc…. . Ou seja a menos que você queira estudar muitas horas durante uns 6, 7 anos para saber tudo isto, se você for empreendedor mesmo, você ira buscar investir em alguem que possa ser especialista no assunto e isto é apenas um exemplo, algumas pessoas podem ter o dinheiro e uma ideia e não saberem nada e terem seus especialistas para tudo, tecnologia, produto e logistica, são as almas deste assunto, e envolvem várias outras subcategorias de cada uma.

Mas as lojas virtuais podem ajudar não somente pessoas comerciantes, mas pessoas no mercado “informal”, que por exemplo, possam ter produtos artisticos, produtos artesanais, que ninguém compra em qualquer lugar, “produtos” artisiticos, bonitos, exóticos, personalizados, sabores autênticos, diferenciados, estes com ajuda da tecnologia, hoje, podem ampliar ainda mais seu campo de atuação, em uma vitrine bem maior e mais ampla, que amigos ou feirinha hippie, no entanto, tera que ter auxilio de uma consultoria, para ajuda-lo a decolar e atuar de acordo com suas demandas.

Caso precise de uma consultoria, introdução para dar inicio a uma loja virtual e criação de um produto estrela para decolagem da mesma, não exite em manter contato podemos fazer um plano de negócios de acordo com suas possibilidades e se você já é um verdadeiro empreendedor experiente e já tem seu plano de negócios e falta só a parte webmaster de tecnologia e monitoração, nós temos parcerias e condições de oferecer de forma rápida e pratica sua estrutura virtual de vendas com opões de consultoria e treinamentos.

1 comentário em “E-commerce – Loja virtual”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *